Em atendimento à legislação eleitoral, os demais conteúdos deste site ficarão
indisponíveis de 2 de julho de 2022 até o final da eleição estadual em São Paulo.


  • É obrigatória a apresentação de documentos ORIGINAIS, em bom estado de conservação e dentro do prazo de validade. No posto de atendimento será realizada, ainda, a coleta biométrica das impressões digitais e foto da face.

    Recomenda-se estar com mais de um documento de identificação, porque são realizadas consultas nos órgãos emissores. Na impossibilidade da consulta de um documento, outro poderá ser consultado.


    DOCUMENTOS DA PESSOA FÍSICA


        - 1 (um) ou mais documentos de identificação, com foto, dentre as opções abaixo. Devem ser ORIGINAIS e estar dentro da validade:


    • RG e CPF(*);
    • CNH; 
    • DNI;
    • Documentos eletrônicos de validade nacional (e-CNH / e-Titulo);
    • Passaporte, se for brasileiro; e
    • Carteiras de Conselho de Classe, se aceitas em território nacional. 

      (*) O CPF será necessário somente se o número não constar em nenhum documento de identificação apresentado.

     

    Para acessar o Conectividade Social (Caixa) ainda será preciso:

    Comprovação do PIS-PASEP (para comunicação com a Caixa como empregado)

    - 1 (um) dos documentos abaixo:

    • Cartão do PIS/PASEP; ou
    • Extrato do FGTS; ou
    • Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) com anotação feita pelo empregador; ou
    • Cédula de Identidade (RG) - Quando constar o número; ou
    • Cartão do Cidadão; ou
    • Cartão do Bolsa Família; ou
    • Extrato de participação no PIS.


    Comprovação do CEI/CAEPF
    (para comunicação com a Caixa como empregador)

    - 1 (um) dos documentos abaixo:

    • Certidão Negativa de Débitos; ou
    • Inscrição de matrícula no INSS; ou
    • Consulta do CEI da Receita Federal.


    PROCURAÇÃO

    Não são aceitas procurações para a emissão de certificados digitais Pessoa Física.


    ATENÇÃO:

    - São considerados como documentos de identificação pessoal: carteiras emitidas pelos órgãos criados por lei federal, fiscalizadores do exercício profissional como, por exemplo: OAB, CREA, CRC, CRM.

    - O nome registrado nos documentos apresentados deverá ser, obrigatoriamente, idêntico ao cadastro na Receita Federal e no pedido gerado no ato da compra.

    - A autenticidade dos documentos será consultada nas bases de dados dos órgãos emissores. Não sendo possível a consulta, ou havendo divergência, o certificado digital não será emitido. 

    - Estrangeiros que não residem no Brasil devem apresentar o Passaporte. Estrangeiros que residem no Brasil devem apresentar a Carteira Nacional de Estrangeiro (CNE) ou CRNM (Carteira de Registro Nacional Migratório - Polícia Federal). Não são aceitos protocolos. 

    - Para os certificados digitais do tipo A1 é indispensável a indicação do endereço de e-mail que esteja válido para a conclusão do processo de emissão.

Governo do Estado de SP